O abismo da fidelidade

love

 

Vamos começar com o fato de que as mulheres são geralmente mais fiéis do que os homens. Em Jane Austen, como na vida real, as mulheres não só acham a infidelidade masculina dolorosa, como surpreendente. Não é simplesmente provável que um homem traia, embora seja isso. É que o abismo entre a capacidade de ser fiel de homens e mulheres é tão grande que as mulheres repetidamente não conseguem imaginar do que os homens são capazes. Continuamente confiamos que os homens estão tão comprometidos com o relacionamento quanto nós. E, inevitavelmente, temos surpresas desagradáveis.Elinor se preocupa com a dificuldade misteriosa de Edward para dar continuidade ao início do caso de amor deles. Mas até que Lucy Steele revele que ele está secretamente noivo dela, nunca ocorre a Elinor que a resposta possa ser outra mulher. Marianne fica completamente atordoada quando descobre que Willoughby vai se casar com outra pessoa, “quem é ela? – Quem ela poderia ser? – De quem ouvi ele falar como jovem e atraente dentre as mulheres que ele conhece? – Oh! Ninguém! Ninguém! – ele falava comigo apenas de mim”.

Jane Austen é brutalmente realista a respeito da capacidade masculina par a inconstância. A fuga adúltera de Henry Crawford com Maria, enquanto ele está na verdade apaixonado por Fanny, é demais para ser engolida por alguns leitores contemporâneos. Nós achamos plausível? “Ele estava emaranhado em sua própria vaidade, com tão pouca desculpa para o amor quanto possível e sem a menor inconstância da mente para com a prima dela […] ele fugiu [com Maria] […] lamentando Fanny, mesmo no momento, mas lamentando-a ainda mais quando todo o alvoroço da intriga se acabou.” De nossa perspectiva do século XXI, o comportamento de Henry parece bastante realista. Fanny fica chocada, é claro – exatamente da mesma forma que praticamente todas nós ficamos chocadas em um ponto ou outro pela descoberta de que somos menos importantes do que pensávamos para um homem que tínhamos certeza que estava apaixonado por nós.

 

Adquira “A Fórmula do Amor: Segredos de Jane Austen para os Relacionamentos” neste link: http://www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?nitem=42144156&sid=77416010915717529676637260

Advertisements